Home / Artigos / Prevenção do Câncer de Pele

Prevenção do Câncer de Pele

Tipos mais comuns de câncer de pele:

Existem 3 tipos de câncer que surgem na pele, são eles: Carcinoma Basoceluar(mais comum, 70% dos casos), Carcinona Espinocelular(segundo mais comum) e Melanoma.

O câncer de pele surge mais frequentemente em pessoas de pele clara, que tem história de exposição prolongada ao sol.

Fumantes também tem risco aumentado, podendo surgir lesões no lábio.

O Melanona é o câncer mais perigoso, leva a metástases em outros órgãos, sendo de extrema importância seu diagnóstico precoce.

Sem título

Como identificar um câncer de pele?

Os carcinomas basocelular e espinocelular surgem em áreas da pele expostas ao sol, como uma ferida que não cicatriza e sangra com facilidade, ou uma mancha avermelhada na pele.

O melanoma surge na pele sã ou a partir de ¨sinais¨ escuros que se transformam, por isso pessoas que tem muitos sinais na pele devem procurar o dermatologista e atentar para qualquer alteração em sinais antigos: mudança da cor, aumento de tamanho, sangramento, coceira.

 

Como fazer para evitar o câncer de pele?

A principal causa do câncer de pele é a exposição solar prolongada e repetida, portanto a única maneira de se prevenir é protegendo-se da radiação solar

-use filtro solar diariamente com FPS igual ou maior a 30, aplicando 20 minutos antes de se expor;

-na praia use protetores físicos, chapéus, barracas, camisetas;

-evite o sol entre as 10 e 16 horas;

-faça uma visita anual ao dermatologista para avaliação de sua pele e tratamento de lesões pré-cancerosas.

 

O tratamento é cirúrgico, quanto antes a lesão for retirada maior a chance de cura.

Procure seu dermatologista se você tem uma lesão suspeita, não deixe de ir por medo de saber o diagnóstico.

 

Como usar o filtro solar corretamente? E nos dias nublados também é recomendado o uso de protetor?

O filtro solar deve ser usado diariamente, mesmo que não esteja na praia use o filtro nas áreas expostas para evitar o dano solar cumulativo durante anos de vida.

O filtro solar deve ser aplicado a cada 2 horas, se você estiver exposto ao sol como na praia ou piscina. No dia a dia pode ser aplicado pela manha e no almoço.

Recomenda-se usar diariamente um filtro com FPS entre 20 e 30, na praia o ideal é FPS maior ou igual a 30.

Lembre-se que mesmo nos dias nublados , até 80% da radiação ultravioleta pode atravessar as nuvens e chegar a terra, portanto, use o filtro também nesses dias.

 

Precisamos usar filtro em ambientes fechados, com lâmpadas fluorescentes?

A luz que enxergamos é chamada de luz visível. Ela pode ser emitida pelo sol, pela TV, por lâmpadas, pelo computador.

Há alguns anos viu-se que a luz visível também prejudica pessoas de pele hiper-sensível. Assim, portadores de lúpus ou de melasma (manchas marrons no rosto) devem se proteger também contra a luz visível. O efeito sobre a pele da luz visível emitida por lâmpadas é menor do que o efeito da luz solar, mas também conta.

O filtro solar ideal nesses casos contém na sua composição agentes chamados de físicos(oxido de zinco e dióxido de titânio). As mulheres podem optar por filtros com cor de base, que protegem e maquiam ao mesmo tempo.

Foto Dermatologista (1)

                – Dermatologia –  Dra. Morgana Boeno Volpato – CRM 33.223

Veja Também

O diagnóstico de câncer versus a importância do tratamento interdisciplinar

O câncer é na atualidade uma das doenças crônicas que mais atinge a população em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *