Últimos Posts
Home / Artigos / Benefícios da atividade física na terapia do câncer

Benefícios da atividade física na terapia do câncer

A importância da atividade física para a promoção e manutenção do corpo dá-se em qualquer idade contribuindo para a prevenção e risco de muitas doenças, inclusive o câncer, atualmente considerado um problema na saúde pública mundial.
A atividade física como um todo, trás uma série de benefícios, como o controle ou diminuição da gordura corporal, fortalecimento dos tecidos, melhora a flexibilidade e a manutenção da massa muscular, por sua vez da força muscular e da densidade óssea. Seus efeitos metabólicos são de extrema importância, pois, aumenta o volume de sangue circulante e da resistência física entre 10 e 30 % da ventilação pulmonar, melhorando os níveis de HDL, diminuindo os triglicerídeos , o colesterol total e o LDL, e também os níveis de glicose. Ocorre também a diminuição de marcadores anti-inflamatórios associados a doenças crônicas não transmissíveis, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares, de AVC, obesidade,
osteoporose, diabetes tipo 2, hipertensão , câncer.
A atividade física vai por sua vez, melhorar a autoestima, o estado de humor, a imagem corporal, a tenção muscular, a insônia entre outros, diminuindo o risco de depressão, estresse e ansiedade, sendo assim, irá diminuindo o consumo de medicamentos. (Mastuto etal.2000; Nelson et al.2007)
Pesquisas ainda apontam que a prática física após o tratamento pode diminuir o risco de recorrência do câncer, além de auxiliar na redução de efeitos colaterais da terapia como fadiga, cansaço, fraqueza , exaustão , desmotivação, desconforto e na reabilitação cirúrgica em alguns casos. Mesmo com todos esses benefícios é muito importante que as pessoas em tratamento de câncer tenham um cuidado redobrado durante os exercícios , pois, não adianta fazer toda atividade de uma única vez, primeiramente deve ser consultado o seu médico e após estar sob orientação de um bom educador físico, que irá auxiliá-lo na atividade da sua escolha.
Manter a atividade física como parte da rotina diária, começando por aquelas que lhe dão prazer, quanto mais movimentar o corpo, maior os benefícios e proteção contra o câncer. O exercício melhora o funcionamento do corpo, diminuindo a sensação de fadiga causada pela quimioterapia . Além disso, os exercícios também ajudam a manter a composição corporal adequada ou seja a distribuição entre músculos, gordura e ossos. A atividade física regular, como já vimos, tem um papel fundamental no controle de diversas doenças. As mudanças para a adoção de um estilo de vida ativo, se tornará parte fundamental de um envelhecer com saúde e qualidade de vida. Portanto a terapia por exercícios físicos deve ser recomendado durante o tratamento de câncer, pois atua diretamente no auxilio da redução da fadiga e aumentando por sua vez a eficiência metabólica e energética do corpo, reduzindo assim a ação dos carcinomas e aumentando o sistema imunológico do paciente, o que irá favorecer a terapia e a sua superação.

Educadora física Viviane Mazzochi Gazola.

Veja Também

PRÓSTATA: vença o preconceito ou ele poderá lhe matar

Próstata, o que é e para que serve? A próstata é órgão essencial do aparelho ...